Buscar
  • Camila de Assis

A FISIOTERAPIA ATUANDO NA PREVENÇÃO DE QUEDAS


Não é incomum ouvirmos de um idoso de que ele já caiu, ou conhecermos alguma história onde a mãe, o pai, a avó, o avô já caíram. A medida que o envelhecimento chega aumenta as chances de haver quedas, principalmente, as quedas de própria altura. Inúmeros são os fatores que contribuem para o desfecho do tombo em si, desde os menos complexos até os mais difíceis de serem evitados.

Fisiologicamente, na terceira idade, existe já uma predisposição a falta de equilíbrio, a diminuição da força, da acuidade visual e auditiva. Entretanto, mesmo esses sendo fatores fisiológicos majoritariamente influenciadores nas quedas, temos também como contribuintes: labirintite, doenças neurológicas, reumáticas, psiquiátricas, clínicas (diabetes, pressão arterial descontrolada...), sonolência, sapatos inadequados, tapetes, pisos escorregadios, a falta do uso da bengala, bengalas inadequadas, a falta do uso de óculos, óculos desregulados, degraus dentro do ambiente da casa, não ter barras de apoio (principalmente, no banheiro), camas estreitas, camas muito altas, camas muito baixas, ambientes barulhentos e ambientes muito escuros que prejudiquem a visão. Como podemos ver, não são só desordens no estado da saúde que colocam o idoso em risco.

Os desfechos dos tombos na maioria das vezes não são felizes. O mínimo que iremos ter será dor e/ou um hematoma, porém, podemos chegar até a óbito apenas por uma queda de própria altura simples dentro do ambiente de casa. Fraturas podem levar a sérias complicações que podem vir a ser irreversíveis. Como ninguém quer isso para o seu idoso, devemos sempre cuidar para evitar esse acontecimento desagradável. Em pacientes desorientados, muitas vezes, torna-se uma missão quase impossível. Naquele instante que você foi ao banheiro ele levantou da cama sozinho e caiu. Assim, de repente! Quantas vezes já ouvi isso? Não sinta-se culpada (o)! Em pacientes com esse grau de confusão mental precisamos ter o máximo de cuidado, entretanto, nem sempre conseguimos ter alguém que possa ficar 24 horas ao lado dele de forma a evitar os acidentes.

O trabalho da fisioterapia no paciente idoso está diretamente ligado a evitar as quedas. Trabalhamos o equilíbrio, as mudanças de decúbito, a força, a coordenação motora, a flexibilidade, de maneira a condicionarmos o corpo desse idoso ao dia a dia dele. Fazemos o treinamento dentro do ambiente do lar caso seja necessário, para que ele aprenda a sentar, deitar, levantar. Mas também orientamos em relação ao uso de bengalas, muletas, calçados e ao espaço domiciliar mais apropriado para evitar os tombos. Boa parte das quedas podem ser evitadas, mas caso não consigam ser, levem-os ao médico para que possam fazer o mais breve possível um exame de imagem para ter certeza de que está tudo bem. Embolias, tromboses, pneumonias podem ser evitadas caso sejam hospitalizados e medicados a tempo.

Bom, como disse Platão: "Deve-se temer a velhice, porque ela nunca vem só." Bengalas são provas de idade e não de prudência". Com isso vemos que muitos idosos não são cuidadosos consigo e não acreditam que necessitam do auxílio de bengala, muleta, barras, sapatos fechados, atravessar na faixa de segurança, de um acompanhante, nada disso. Muitos continuam com a mente jovem mas, infelizmente, o corpo não acompanha a mente em muitos casos. Logo, precisamos mostrar a eles que precisam ser cautelosos e caso não seja possível à compreensão, sejamos nós os cautelosos. Preparar o ambiente doméstico para que ele circule por todo o espaço mais facilmente, manter o acompanhamento de um médico geriatra, manter uma atividade física e/ou um fisioterapeuta contribuem diretamente para evitar acidentes desagradáveis. Prevenir é sempre melhor do que remediar, já diz o ditado popular.

Camila de Assis

Fisioterapeuta

camilaagoncalves@hotmail.com

Celular: (21) 99506 0646

#CAMILADEASSIS #fisioterapia

248 visualizações

CANTINHO DA GERIATRIA

Textos e artigos da Dra. Roberta França

SIGA NAS REDES

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Blogger Icon

SIGA O CANTINHO NO FACEBOOK

Cantinho da Geriatria 2020 © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvido por Toco Me Voy