Buscar
  • Christina Borges

SUA MEMÓRIA ESTÁ MESMO PREJUDICADA?


Começando o ano, projetos novos, metas para serem alcançadas...e as questões de antes que não foram resolvidas? As queixas de memória são recorrentes nos consultórios de profissionais que trabalham com adultos, em especial adultos idosos. Então, como você acha que está a sua memória?

Como já conversamos, outras vezes aqui no espaço do Cantinho, as causas são diversas. Mas como saber se realmente essa queixa subjetiva é um prejuízo na memória?

Então vamos lá! Faça um questionário rápido pra ter uma ideia. Pegue uma caneta e papel.

Como são apenas algumas perguntas, você só vai precisar responder SIM ou NÃO, ok?

1 - Você costuma esquecer compromissos recentes, mais do que gostaria?

2 - Perde objetos pessoais ou não sabe onde os deixou?

3 - Esquece de fazer coisas que havia planejado?

4- É difícil pra você lembrar o nome de pessoas conhecidas ou famosas?

5 - Tem a palavra na "ponta da língua", mas não é capaz de lembrar-se dela?

6 - Interrompe o que ia dizer e pergunta: " o que mesmo eu estava falando?"

7 - Você tem dificuldade para aprender coisas novas?

8 - Você consegue retomar o que estava fazendo, antes de ser interrompido?

9 - Você perde o prazo de compromissos ou afazeres porque simplesmente se esqueceu?

10 - Divaga sobre os fatos desnecessários deixando de prestar atenção ao que realmente tem importância?

Se a maioria das respostas foi SIM, saiba que realmente tem um prejuízo na memória. Mas que pode estar associado a falta de atenção, em alguns dos quesitos acima. Ou também com estresse, cansaço, sobrecarga, poucas horas de sono, entre outros fatores que podem prejudicar a sua memória.

Esse questionário não tem como objetivo dar nenhum diagnóstico - até porque são apenas algumas perguntas - e para se fechar um diagnóstico é necessário fazer uma avaliação completa com um geriatra ou neurologista e neuropsicólogo.

Mas objetivo do questionário é alertar que a queixa de memória não deve ser desconsiderada . Os estudos, mais atuais, com relação aos esquecimentos levam em conta as queixas subjetivas do paciente porque é uma forma de diagnóstico precoce, dos fatores que podem comprometer a memória ou mesmo de possibilidade de criar estratégias para prevenção de quadros mais graves de declínio cognitivo.

Então se houve mais SIM nas suas respostas, converse com um profissional capacitado e habilitado para fazer uma avaliação.

Memória é o que mantém nossa história viva!

#PeloDireitoDeBemEnvelhecer

#QualidadeDeVida #memoria

Por CHRISTINA BORGES

Psicóloga/ Mestre em Psicologia Clínica/Neurociências - Neuropsicologia

Cérebro Ativo – https: //www.facebook.com/cerebroativopsi (21) 98581.2121

www.cantinhodageriatria.com.br

SUA MEMÓRIA ESTÁ MESMO PREJUDICADA?

#ChristinaBorges #cantinhodageriatria

0 visualização

CANTINHO DA GERIATRIA

Textos e artigos da Dra. Roberta França

SIGA NAS REDES

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Blogger Icon

SIGA O CANTINHO NO FACEBOOK

Cantinho da Geriatria 2020 © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvido por Toco Me Voy