Buscar
  • Dra Roberta França

MEDICAMENTOS OTOTÓXICOS PODEM CAUSAR DANOS AO SISTEMA AUDITIVO


Você sabia que alguns remédios podem causar danos ao sistema coclear e vestibular?

Eles são chamados de medicamentos ototóxicos. Estima-se que existam cerca de 200 remédios considerados ototóxicos.

Dentre eles os mais comuns são: antibióticos aminoglicosídeos, salicilatos, quinino, agentes antineoplásicos e diuréticos de alça. Na maioria dos casos, a ototoxicidade é temporária e não causa distúrbios por longos períodos, mas é importante que o uso inadequado deles pode provocar prejuízos à audição.

COMO OS MEDICAMENTOS OTOTÓXICOS AFETAM A AUDIÇÃO?

As substâncias tóxicas geralmente exercem sua ação predominante na orelha interna, mas podem agir em mais de um local. As áreas mais afetadas costumam ser as células ciliadas da cóclea, o vestíbulo e a estria vascular.

FATORES DE RISCO

Os principais fatores de risco são: Função renal alterada; Dose cumulativa: Dosagem sérica; Exposição ao ruído; Perda auditiva neurossensorial ou zumbido prévio; Desnutrição; Mau estado geral; Idade (geralmente extremos) Vertigem ou desequilíbrio; Administração concomitante de mais de um ototóxico.

QUAIS SÃO OS MEDICAMENTOS OTOTÓXICOS?

A lista de medicamentos ototóxicos engloba mais de 200 drogas, mas as mais comuns são: AMINOGLICOSÍDEOS - São antibióticos de atividade bactericida, como a estreptomicina (usado no tratamento da tuberculose), a Di-hidroestreptomicina, Neomicina, Kanamicina, Amicacina, Gentamicina. ERITROMICINA - A eritromicina é um antibiótico da classe dos macrolídeos, cuja ototoxicidadeé rara e resulta em uma perda auditiva neurossensorial bilateral em todas

#DanieleJanoni

9 visualizações

CANTINHO DA GERIATRIA

Textos e artigos da Dra. Roberta França

SIGA NAS REDES

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Blogger Icon

SIGA O CANTINHO NO FACEBOOK

Cantinho da Geriatria 2020 © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvido por Toco Me Voy