Buscar
  • Dra. Roberta França

INSÔNIA - MUITO MAIS GRAVE QUE VOCÊ IMAGINA


Dormir é fundamental mas mais que isso, dormir é sinônimo de saúde física e mental!

É durante o sono que há liberação hormonal além de importante atividade glinfática (limpeza cerebral, eliminando neurotoxinas e e promovendo neuroproteção).

Os problemas de insônia tem aumentado no mundo inteiro, mais nas últimas décadas, e já há prevalência de insônia crônica em 10% da população mundial.

Os motivos são inúmeros: stress emocional, excesso de trabalho mas principalmente excesso de uso de eletrônicos como TV, tablets, computadores e celulares gerando grande resistência ao momento de dormir. Todos nós temos um limiar para a insônia. Qualquer um pode vez ou outra não conseguir dormir. Normal!!

O problema é quando esse não dormir se torna uma rotina e consideramos insônia a privação do sono mais de 3x por semana.

Muitos fatores precipitentes levam a insônia aguda mas são os comportamentos perpetuantes que levam a insônia crônica.

Diferente do que muitos pensam insônia não é apenas não conseguir "pegar no sono".

Existem basicamente 3 tipos de insônia:

- dificuldade para iniciar o sono

- dificuldade para manter o sono ( acordar muitas vezes a noite e demorar a dormir)

- despertar precoce

Há pessoas que tem mais de uma forma.

Essa privação constante gera inúmeras alterações metabólicas:

- aumento de cortisol

- aumento da atividade cortical

- aumento da taxa metabólica

- aumento da frequência cardíaca

Além de estar associada a piora de condições médicas e psiquiátricas:

- alterações no

eletroencefalograma

- aumento do risco de depressão principalmente em idosos

- Prejuízos cognitivos

- alterações de humor

- fadiga crônica

- sonolência diurna

- acidentes de trânsito

- piora no desempenho de trabalho e de funções habituais

Tratar insônia é muito mais que fazer dormir. É melhorar performance cerebral, dar qualidade de vida e principalmente qualidade de envelhecimento.

É de suma importância compreender os motivos da insônia, se ela é causada por questões comportamentais ou problemas clínicos.

Uma boa anamnese seguida de exames clínicos e laboratoriais são importantes para avaliar apnéia do sono, síndrome de pernas inquietas, hipertensão arterial e diabetes. Assim como questões psiquiátricas como depressão, ansiedade e pânico.

Tratamentos adequados devem ser instituídos o quanto antes.

E o mais importante: trabalhar a higiene do sono!!

No dia a dia do consultório o que mais percebo é a resistência do paciente em ir para a cama em horário apropriado.

Rotina de sono é fundamental!!!Assim como se desconectar do mundo virtual para que seu cérebro tenha o merecido descanso.

Num mundo caótico de informação, violência e stress, seja, mesmo que por algumas horas, a paz que seu corpo precisa e sua mente merece!!!

Durma bem... Viva muito melhor.

Dra Roberta França

Medicina Geriátrica

www.cantinhodageriatria.com.br

#RobertaFrança

0 visualização

CANTINHO DA GERIATRIA

Textos e artigos da Dra. Roberta França

SIGA NAS REDES

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Blogger Icon

SIGA O CANTINHO NO FACEBOOK

Cantinho da Geriatria 2020 © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvido por Toco Me Voy