Buscar
  • Dra Roberta França

UM FISIOTERAPEUTA PRA CHAMAR DE SEU!


Nós iremos falar um pouquinho sobre essa relação fisioterapeuta-paciente-atendimento domiciliar como uma forma de incentivar e esclarecer algumas questões. Ter um fisioterapeuta inserido na família é cada vez mais comum, principalmente no público da terceira idade. É muito importante o fisioterapeuta acompanhar e conhecer bem o ambiente em que o idoso está inserido pra poder atuar na sua saúde, seja de forma preventiva ou terapêutica com o objetivo de restaurar, conservar e melhorar a capacidade funcional do paciente. A aproximação maior com o paciente e seus valores facilita uma melhor abordagem terapêutica em idosos, além de permitir o conhecimento de perto do processo de adoecimento.

A ausência de um bom acompanhamento profissional, muitas vezes encontrada, desfavorece o combate da incapacidade e da perda da autonomia gerada pela evolução das doenças crônicas. Como já citamos anteriormente, os idosos de uma forma geral são portadores de uma ou mais doenças crônicas, que se não forem acompanhadas por profissionais de saúde adequados, evoluem muito rápido diminuindo consideravelmente a qualidade de vida. Logo, é fundamental a relação médico geriatra para a saúde do idoso.

Nós sempre priorizamos a integração social dos idosos. Por isso, sempre iremos optar por atendê-los em nossa clínica, sem deixar de manter a relação direta com o paciente. Porém, em alguns casos isso não é possível devido o transporte, o tempo gasto no deslocamento e as condições físicas do paciente. Muitos não podem se locomover pra longe devido sua saúde e outros não têm uma pessoa mais jovem da família que possa acompanhá-los na sua rotina de tratamento. Com a vida corrida que temos hoje em dia, os filhos e netos dos idosos, estão trabalhando, perdem horas no trânsito e muitas vezes não conseguem ter esse tempo necessário para se dedicar a essa tarefa. Isso faz com que o idoso fique cada vez mais em casa e sua aptidão física vai se deteriorando. Sendo assim, recomenda-se o atendimento domiciliar de fisioterapia precocemente para uma melhor resposta na atuação terapêutica.

Além disso, a fisioterapia domiciliar abrange não somente o atendimento a pacientes acamados ou com dificuldade de grande locomoção, mas também soluciona a questão de se aguardar em filas de espera de hospitais e clínicas de alta rotatividade quando isso se torna um transtorno parar o paciente idoso que é mais ativo. Com o atendimento domiciliar o paciente é atendido no conforto do seu lar eliminando as dificuldades citadas acima.

A partir da avaliação direta das atividades e ocupações do paciente, nós iremos definir as melhores técnicas a serem aplicadas para cada perfil de paciente e família. No atendimento domiciliar prioriza-se no idoso:

  • A reabilitação com cinesioterapia, exercícios terapêuticos e respiratórios.

  • O estudo do ambiente do paciente, o que permite encontrar barreiras que o impeçam de ter uma rotina saudável, livre de quedas e pequenos acidentes.

  • A introdução da mudança de hábitos que possam estar agravando os sintomas das doenças crônicas já existentes.

  • Orientar a família ou responsável com relação aos cuidados no idoso acamado.

  • Incentivar a atividade física e cultural melhorando a qualidade de vida, bem estar e estimulando a independência do paciente e integração social.

Gostaríamos de ressaltar que nós visamos o atendimento do paciente como um todo! Seja na clínica ou em casa! Nossa relação envolve respeito, empatia, carinho e a capacidade de ouvir o paciente, pois acreditamos que esse é o primeiro passo para o sucesso do nosso trabalho. contato@provitalfisioterapia.com.br


5 visualizações

CANTINHO DA GERIATRIA

Textos e artigos da Dra. Roberta França

SIGA NAS REDES

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Blogger Icon

SIGA O CANTINHO NO FACEBOOK

Cantinho da Geriatria 2020 © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvido por Toco Me Voy