Buscar
  • Dra Roberta França

DOENCA DE PARKINSON NOVAS PERSPECTIVAS


Estima-se que no mundo haja 6 milhões de portadores de Doença de Parkinson (DA). No Brasil não é diferente. Atinge 3,3% da população com mais de 64anos (200 mil pessoas). Essa prevalência aumenta com a idade e é mais evidente no sexo masculino. Até anos atrás eram os sintomas motores que chamavam atenção dos pacientes e guiavam o diagnóstico. Tremores de repouso, rigidez, bradicinesia, instabilidade postural, face congelada, micrografia e fala monotonal eram sintomas super valorizados e direcionavam o diagnóstico. No entanto estudos mais recentes mostram que são os sintomas não motores que surgem muito antes dos sintomas motores. 98.6% dos pacientes apresentam esses sintomas NÃO MOTORES de 5 a 15 anos antes dos motores ( onde a neurodegeneração já se estabeleceu). Disfunção cognitiva(demencia),depressão, psicose, constipação intestinal, insônia, disfunção erétil, síndrome das pernas inquietas, piora do olfato e principalmente FADIGA são sintomas muito significativos e importantes!!! A fadiga aliás é considerada um sintoma da doença e não mais consequência da insônia ou bradicinesia. A etiologia da doença segue multifatorial com fatores intrínsecos ( genéticos , 20%) e extrínsecos (fatores ambientais como exposição a pesticidas, solventes, metais pesados, lubrificantes e poluentes). A grande novidade são as descobertas referentes a substância alfa sinucleina. Estudos encontraram a substância no intestino de 60.7% dos pacientes com DP muito inicial. Em 50% dos pacientes há um super crescimento bacteriano no intestino delgado. Isso piora a motilidade e a absorção. Parece que agregados de alfasinucleina migram do intestino para o SNC. Se isso se confirmar com os estudos em andamento, poderíamos detectar a DP na fase inicial pela micróbiota intestinal. Será esse o biomarcador da doença? Os estudos continuam. Enquanto isso cabe a nós termos um olhar atento e buscar ajuda a qualquer sintoma ou suspeita. Mais do que nunca tremer não significa doença de Parkinson! !! O paciente não é portador de uma doença e sim portador de uma história! Que deve ser ouvida, compreendida e acima de tudo valorizada... A cura ainda não chegou... Mas chega de preconceito. .. Parkinson. .. turn On


13 visualizações

CANTINHO DA GERIATRIA

Textos e artigos da Dra. Roberta França

SIGA NAS REDES

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Blogger Icon

SIGA O CANTINHO NO FACEBOOK

Cantinho da Geriatria 2020 © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvido por Toco Me Voy