Buscar
  • Dra Roberta França

ALTERAÇÕES POSTURAIS DECORRENTES DO ENVELHECIMENTO - PROVITAL


A alteração postural decorrente do aumento da idade cronológica é um dos principais fatores que levam a diminuição da qualidade de vida em idosos. A partir de 40 anos, diminuímos cerca de 1 cm por década. No entanto, medidas preventivas e até mesmo corretivas devem ser adotadas, a fim de se evitarem dores e deformidades. Com relação às posturas podemos citar aumento da cifose na coluna torácica, diminuição da lordose lombar, aumento do ângulo de flexão do joelho, o deslocamento da articulação coxofemoral para trás e a inclinação do tronco para frente, acima dos quadris. Todas essas alterações irão afetar diretamente a estrutura do nosso corpo, pois ele é composto por cadeias musculares. Logo, havendo uma tensão inicial, uma sucessão de tensões irá ocorrer. Cada vez que um músculo sofre um encurtamento, ele irá aproximar as suas extremidades e deslocar os ossos sobre as quais ele está inserido propiciando uma ou mais compensações que acarretam em deformidades. Essas características podem provocar um impacto negativo no equilíbrio, na postura, na coordenação motora e velocidade para realizar as atividades de vida diárias. Muitas vezes as queixas de dores e dificuldades de realizar pequenos movimentos como sentar, subir um degrau, colocar um objeto no alto ou ficar muito tempo na mesma posição, estão relacionadas ao padrão postural adquirido com o passar dos anos. Alguns fatores têm influência direta na forma como essas posturas irão afetar a qualidade de vida do idoso, como o estilo de vida, sedentarismo, hábitos alimentares, aspectos sociais e ambientais. O quadro emocional também influencia de forma direta as posturas. Idosos deprimidos e insatisfeitos tendem a apresentar mais alterações posturais. Nós gostamos muito da imagem abaixo, pois retrata bem o efeito dos anos na nossa postura e o resultado de quando fazemos algo para evitar que essas alterações prejudiquem nossos dias.

Vale lembrar que nem todos os idosos apresentam as mesmas alterações posturais e nem todas são inevitáveis, anormais ou defeituosas. Indivíduos que praticam atividade física são os que menos sofrem com as alterações posturais. Além disso, algumas atividades possibilitam a prevenção de perdas funcionais associadas ao envelhecimento e atuam de forma direta na postura. O RPG (reeducação postural global) e o Pilates são atividades bastante indicadas com a proposta de minimizar esses efeitos do envelhecimento e corrigir a postura do idoso. Sua saúde é seu projeto de vida mais importante! Não deixe para depois! Comece a cuida de você agora!


151 visualizações

CANTINHO DA GERIATRIA

Textos e artigos da Dra. Roberta França

SIGA NAS REDES

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Blogger Icon

SIGA O CANTINHO NO FACEBOOK

Cantinho da Geriatria 2020 © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvido por Toco Me Voy